Representante do líder do Brasileirão comanda grid de abertura da Copa Sul/Sudeste

O paulista Danilo Dirani dominou as duas sessões classificatórias e conquistou neste sábado no circuito gaúcho de Tarumã a sua primeira pole na Copa Truck. O piloto da Scania e representante do Corinthians na categoria (corre com o logo do líder do Brasileirão no caminhão e no macacão) estabeleceu o tempo de 1min20s888 no Top Qualifying e bateu por pouco mais de quatro décimos o rival mais próximo, Felipe Giaffone (VW), campeão do regional Nordeste. A segunda fila da etapa inaugural da Copa Sul/Sudeste será formada por Wellington Cirino (Mercedes) e o estreante Paulo Salustiano (VW).

Dirani comemorou bastante o resultado, que confirmou o bom fim de semana que vem tendo até agora no circuito da pequena cidade vizinha a Porto Alegre. “Tive alguns problemas no começo do ano, com a equipe voltando, eu também, mas sempre estive ali entre os primeiros. Então só faltava isto aqui para dar aquela lavada na alma. Toda a equipe merece. O caminhão estava perfeito. Trabalhamos duro neste intervalo depois da corrida de Fortaleza. Essa pole veio carimbar o ótimo trabalho de todos”, comentou.

O piloto de 34 anos explicou que o longo período de inatividade da equipe cobrou um preço na primeira parte da temporada. “A equipe estava parada há um ano e meio. Então tivemos alguns problemas de detalhes, como na parte eletrônica, que causava o excesso de fumaça, na montagem do caminhão… Perdi uma corrida porque quebrou uma braçadeira da mangueira do turbo, que custa apenas alguns centavos. Tudo isso foi sendo corrigido e agora o resultado está aí”, disse. Corintiano de coração, afirmou que a responsabilidade de correr com o distintivo do clube é uma responsabilidade. “Estamos na frente do Brasileirão, então também tenho de ir bem aqui”, brincou.

Mais veloz na véspera, Giaffone acredita que a mudança nas condições do tempo pode tê-lo impedido de brigar mais fortemente pela pole. “O segundo lugar está de bom tamanho, não dá para reclamar. Mas o caminhão piorou muito quando a pista esquentou. O Dirani encontrou um acerto melhor e nós demos marcha-à-ré. De qualquer forma, fico contente por ele. É um moleque esforçado, bom piloto e que precisava de um ótimo caminhão. Mas amanhã vou tentar dar uma canseirinha nele… Vamos quebrar um pouquinho a cabeça para melhorar o acerto. O Dirani já vinha bem em Fortaleza, antes de quebrar atrás de mim, então com certeza ele está com o caminhão bem acertado.”

Salustiano está sendo a boa novidade da Copa Truck em Tarumã. Andou regularmente entre os mais rápidos em todos os treinos e confirmou que poderá agregar em qualidade ao grid com uma excelente posição de largada. “Eu vinha correndo com o Mercedes e o Volkswagen é bastante diferente em relação ao motor, câmbio e freios. Até mesmo minha posição de dirigir não está confortável. Mas a maioria desses ajustes precisa ser feita na oficina, não nos boxes. Mas estou alegre com nosso trabalho no qualifying.”

A largada da primeira bateria está programada para as 13h05. As duas provas terão 25 minutos mais uma volta de duração, ambas com transmissão ao vivo mpelo SporTv 3. Os portões do autódromo serão abertos às 8 horas e as atrações adicionais para o público vão desde o Desafio dos Brutos, escola de chimarrão e chute a gol até as manobras radicais de moto e o show do cantor Marcelo Cachoeira. Ingressos, com preços de R$ 35,00, R$ 70,00 e R$ 150,00, podem ser adquiridos na bilheteria de Tarumã.

O grid ficou assim:

1 – Danilo Dirani (Scania), 1min20s888
2 – Felipe Giaffone (VW), 1min21ss365
3 – Wellington Cirino (Mercedes), 1min21s684
4 – Paulo Saluastiano (VW), 1min21s832
5 – Adalberto Jardim (VW), 1min21876
6 – Regis Boessio (Volvo), 1min21s933
7 – Roberval Andrade (Iveco), 1min22s500
8 – Beto Monteiro (Iveco), 1min34s207
9 – Renato Martins (VW), 1min22s691
10 – Débora Rodrigues (VW), 1min22s739
11 – Witold Ramasauskas (VW), 1min22s967
12 – Ronaldo Kastropil (Mercedes), 1min23s432
13 – Luiz Lopes (Iveco), 1min23s636
14 – Jaidson Zini (Scania), 1min24s738
15 – Fábio Fogaça (Ford), 1min25s803
16 – Djalma Fogaça (Ford), sem tempo