VW/Man, Mercedes e Scania emboladas na classificação

By junho 11, 2018Copa Truck

A primeira prova da Copa Sudeste, em Interlagos, mostrou o enorme equilíbrio entre as montadoras da Copa Truck. Três marcas saíram do templo do automobilismo separadas por apenas 21 pontos entre elas. E o mais curioso: o caminhão que venceu as duas etapas de São Paulo não está entre os dois melhores da tabela.

Quem lidera é a Volks/MAN, impulsionada pelos dois pódios de Luciano Burti e um de Renato Martins, com 61 pontos, apenas dez à frente da Mercedes-Benz, calcada nos dois pódios de André Marques e com a colaboração de Alex Fabiano – os dois melhores resultados de cada marca são computados na composição da classificação.

Só em terceiro que aparece a Scania, do vencedor Roberval Andrade, que sofre um pouco neste quesito: apenas Roberval competiu com a marca em Interlagos, uma vez que Danilo Dirani não conseguiu largar e Luiz Renato Luhrs não chegou à tempo de competir. Com isso, a marca teve de se apoiar completamente em Roberval, que não decepcionou.

O primeiro pódio de Fábio Fogaça na Copa Truck presenteou a Ford com 11 pontos e a quarta posição na tabela, enquanto Iveco e Volvo veem refletida na tabela a dificuldade encontrada em Interlagos. Do lado da Iveco, Beto Monteiro e Luiz Lopes sofreram com vazamentos e não pontuaram, enquanto a Volvo não conseguiu competir por conta da paralisação das estradas.

Enquanto a segunda etapa da Copa Sudeste ainda carece de confirmação, confira como está a tabela de marcas:

1. VW/MAN, 61 pontos
2. Mercedes-Benz, 51
3. Scania, 40
4. Ford, 11
5. Iveco, 0
6. Volvo, 0