As duas grandes confusões na segunda corrida de Rivera que envolveram seis pilotos seguem causando polêmica pelas redes sociais dos pilotos da Copa Truck.

Em ordem cronológica, começamos da primeira, na relargada da corrida 2, quando Jaidson Zini se enroscou com Débora Rodrigues e acabou sobrando para André Marques, que levou a pior com três fraturas no braço.

View this post on Instagram

Após um final de semana muito bom em terras Uruguaias, vamos somente hoje nos pronunciar referente ao acidente na largada da corrida 02 em Rivera. Fizemos uma ótima corrida 01 e nossa estratégia era poupar o caminhão para a corrida 02 e tínhamos o truck em perfeito estado para chegar no pódio, porem logo na largada ao ultrapassar Andre Marques e Débora Rodrigues tivemos um toque e meu caminhão rodou e fui atingido pelo truck do André Marques. . As imagens aereas e da TV mostram como foi, porem herdamos uma desclassificaçao sem nos comunicar de nada, solicitamos junto a CBA explicaçoes do porque dessa decisão. . . . . #copatruck #iveco #grupoprafrentebrasil #autotrac #robiel #garret #purifilt #bateriaseletram Créditos vídeo: @danielbadra

A post shared by Jaidson Zini (@jzini25) on

“[…] Porem logo na largada ao ultrapassar Andre Marques e Débora Rodrigues tivemos um toque e meu caminhão rodou e fui atingido pelo truck do André Marques. As imagens aereas e da TV mostram como foi, porem herdamos uma desclassificaçao sem nos comunicar de nada, solicitamos junto a CBA explicaçoes do porque dessa decisão”, argumentou Zini.

Marques, em um dos comentários, chegou a retrucar: “[…] repente vc atravessa a pista, acerta o meu caminhão e posta que foi atingido por mim !!! Faça me o favor”. Mas, logo em seguida, Zini emendou. “Depois que rodei e fui atingido por você meu amigo, porém sem culpa nenhuma sua ! Nenhum de nós tínhamos o que fazer naquele momento! 😍😘 Melhoras irmão.”

Já Débora, que enviou um sorriso irônico, foi questionada: “Não entendi sua risada.”

Outra postagem que provocou reações foi a entrevista de cabeça quente pós-etapa por parte de Wellington Cirino postada no instagram da Copa Truck, onde o paranaense classificou a manobra de Felipe Giaffone como “imprudente”, afirmando que o rival “freou no meio da curva com o pé esquerdo só para matar a retomada de quem vem atrás” – logo após os dois terem uma ríspida discussão logo após sair do caminhão.

Giaffone retrucou no mesmo dia e ainda fez questão de cutucar: “Afff Maria só me faltava ouvir uma desta… Frear com pé esquerdo pra ele me acertar no lado… Eu teria que ser muito burro mesmo 😂😂😂😂 Bota chorão nisto!”

A discussão se estendeu em outro post da Copa Truck, que mostra uma onboard de Renato Martins ultrapassando Regis Boessio após disputa no mesmo setor do acidente. Na área de comentários, Débora partiu em defesa de Cirino, dando uma indireta em Giaffone.

“Veja que a cena é muito parecida com a do Cirino, mas a diferença é que o Boessio respeitou o espaço do Renato”, disse Débora. Felipe respondeu na sequência: “Acho que vc não viu bem… O Boessio passa exatamente onde eu passei… Repare bem… Minha primeira impressão foi igual a sua, mas a tangencia e mais pra frente e o Boesio passa na em cima da zebra (se o Renato tivesse colocado ia bater também”).”

Em seu Instagram, Giaffone postou sua onboard do episódio:

Provavelmente teremos mais capítulos desta nova novela da Copa Truck. Fique de olho nas redes sociais!

E isso só nos faz ter uma certeza: a etapa de Cascavel vai pegar fogo!