Copa TruckNotíciasTemporada 2020

Copa Truck abre mais três vagas para a Grande Final em Cascavel

By setembro 30, 2020 No Comments

Após mais de um mês de intervalo, a Copa Truck volta às pistas com força total, grid cheio e um super evento com a companhia da Stock Car. Pela primeira vez na história, ambas dividirão as retas e curvas do Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR) neste fim de semana, ainda sem a presença de público por conta da pandemia.

Esta será a segunda visita à cidade paranaense, que fez história junto com os Brutos ao realizarem juntos o primeiro evento automobilístico pós-pandemia de um campeonato. Na ocasião, muito frio e chuva; desta vez, os pilotos e máquinas enfrentarão temperaturas na casa dos 35ºC.

A etapa marca a metade da terceira copa, que se iniciará neste semana e oferece três vagas e pontos extras para o Ranking da Grande Final. Atualmente, a liderança pertence a Beto Monteiro, que venceu por lá nos últimos dois anos e lidera o ranking com 24 pontos, contra 18 de André Marques e 10 de Wellington Cirino e Jô Augusto.

“Agora que estamos na metade final do campeonato, pois são quatro copas e estamos abrindo a terceira, muita gente está de olho em um bom resultado para lutar por essa vaga. Apesar de estar bem garantido, quero vencer e ampliar essa pontuação extra, pois ela foi muito importante na conquista do meu título no ano passado”, comenta o campeão das duas primeiras Copas do ano, Beto Monteiro, que foi o vencedor geral de 2019.

Ao contrário dos dois encontros anteriores, quando foram realizados eventos no formato de etapa dupla, a Copa Truck retoma o formato tradicional neste fim de semana em Cascavel. Por conta da divisão de pista com a Stock Car, todos os treinos livres ficarão concentrados na sexta-feira, com as sessões classificatórias acontecendo no sábado e as corridas no domingo.

As redes sociais da categoria transmitem a classificação, enquanto o SporTV2 exibe as duas provas. Confira os horários completos:

Sexta-feira (02/10)
13h00 – Treino Livre 1
14h30 – Treino Livre 2
16h00 – Treino Livre 3

Sábado (03/10)
17h00 – Treino Classificatório
17h35 – Top Qualifying

Domingo (04/10)
13h30 – Largada Corrida 1
14h20 – Largada Corrida 2

Lista de inscritos para a etapa de Cascavel

#6 Wellington Cirino (AM Motorsport/Mercedes-Benz)
#7 Débora Rodrigues (AM Motorsport/Mercedes-Benz)
#77 André Marques (AM Motorsport/Mercedes-Benz)
#777 Valdeno Brito (AM Motorsport/Mercedes-Benz)
#28 Danilo Dirani (PP Motorsport/Mercedes-Benz)
#45 Daniel Kelemen (PP Motorsport/Mercedes-Benz)
#909 Alexandre Navarro (PP Motorsport/Mercedes-Benz)
#0 Danilo Alamini (R9 Competições/MAN)
#54 Rafael Lopes (R9 Competições/Volkswagen)
#55 Paulo Salustiano (R9 Competições/Volkswagen)
#81 Jô Augusto Dias (R9 Competições/Volkswagen)
#88 Beto Monteiro (R9 Competições/Volkswagen)
#4 Felipe Giaffone (Usual Racing Iveco/Iveco)
#21 Djalma Pivetta (Usual Racing Iveco/Iveco)
#99 Luiz Lopes (Lucar Motorsport/Iveco)
#15 Roberval Andrade (RVR Motorsport/Mercedes-Benz)
#27 Fábio Fogaça (FF Motorsport/Protótipo)
#37 Raphael Teixeira (FF Motorsport/Protótipo)
#5 Adalberto Jardim (AJ5 Eco Sport/Protótipo)
#83 Régis Boéssio (Boéssio Competições/Volvo)
#3 Ricardo Alvarez (Bruto Motorsport/Scania)
#64 Evandro Camargo (ADF Racing Team/Mercedes-Benz)
#73 Leandro Totti (JLT Competições/Mercedes-Benz)
#20 Pedro Muffato (Muffatão Racing Truck/Scania)

Novidades em Cascavel

– Valdeno Brito retorna ao #777 da AM Motorsport após o nascimento de seu filho, Daniel, nos Estados Unidos. Ele ficou de fora da etapa dupla de Goiânia. Ele foi o segundo colocado na primeira corrida de Cascavel em junho.
– Danilo Dirani faz sua estreia na temporada 2020, retornando à equipe PP Motorsport, a qual deu sua primeira pole e suas primeiras vitórias na estreia do time em Goiânia no ano de 2018. No total, ele possui três vitórias na Copa Truck.
– Danilo Alamini, natural de Santa Catarina, está de volta ao grid, estreando em 2020 e estreando no caminhão MAN, uma vez que no ano passado ele competiu com o Iveco da Lucar. Sua estreia era para ter sido na etapa passada, mas acabou adiada por ele ter sido infectado com o coronavírus.
– Ricardo Alvarez, de Santos, finalmente fará sua estreia com o Scania da Bruto Motorsport após a equipe ficar de fora da etapa de Goiânia por conta de casos de COVID-19 em seus integrantes.
– Régis Boéssio é outro nome que retorna após ficar de fora da etapa goiana.
– Pedro Muffato, o piloto mais velho em atividade no Brasil, volta com o caminhão Scania #20 de sua equipe Muffatão Racing.
– O fim de semana terá seis marcas diferentes na pista: Mercedes-Benz, MAN, Volkswagen, Iveco, Volvo e Scania. Além delas, três Protótipos.
– Serão 24 os caminhões que largam na quinta etapa da temporada 2020.
– Novas cores no grid: Débora Rodrigues tem caminhão reestilizado com as partes em dourado dando espaço ao branco. Ricardo Alvarez correrá com as cores branca e cinza. Pedro Muffato vai todo de branco.

Em quem ficar de olho

– Nas primeiras curvas: em Goiânia, tanto no sábado quanto no domingo, foram caóticas.
– Wellington Cirino, que sempre andou muito forte em Cascavel.
– Beto Monteiro, como sempre, pois vem embalado após duas copas consecutivas.
– Paulo Salustiano, que sofreu um dos acidentes mais impressionantes da temporada em junho quando era um dos mais rápidos do fim de semana.
– Jô Augusto Dias, Luiz Lopes e Djalma Pivetta, que surpreenderam em Goiânia e podem se dar bem em outra pista veloz como Cascavel. Jô inclusive saiu na pole em junho por conta do grid invertido.
– Roberval Andrade, que protagonizou os momentos de maior emoção na etapa de junho ao segurar no braço caminhões em melhor ritmo, vendendo caro a vitória para Beto Monteiro.
– Leandro Totti, que volta após ficar ausente de Goiânia com o Mercedes-Benz da equipe que têm em parceria com José Luiz.

Estatísticas da temporada 2020

Etapa 1 – Cascavel
Pole: Wellington Cirino
Vitória: Wellington Cirino

Etapa 2 – Cascavel
Pole: Jô Augusto Dias (pelo grid invertido)
Vitória: Beto Monteiro

Etapa 3 – Goiânia
Poles: Beto Monteiro e Débora Rodrigues (pelo grid invertido)
Vitórias: Beto Monteiro e Beto Monteiro

Etapa 4 – Goiânia
Poles: Felipe Giaffone e Paulo Salustiano
Vitórias: André Marques e Paulo Salustiano

Vitórias

Piloto
3 – Beto Monteiro
1 – Wellington Cirino, André Marques e Paulo Salustiano

Marca
4 – Volkswagen
2 – Mercedes

Poles

Piloto
1- Wellington Cirino, Beto Monteiro e Felipe Giaffone

Marca
1 – Mercedes-Benz, Volkswagen e Iveco

Pilotos que mais lideraram

29 voltas – Beto Monteiro
27 voltas – Wellington Cirino
19 voltas – Roberval Andrade

Pilotos que mais andaram em segundo

27 voltas – Valdeno Brito
22 voltas – Roberval Andrade
20 voltas – Beto Monteiro

Pilotos que mais andaram em terceiro

49 voltas – André Marques
12 voltas – Wellington Cirino
8 voltas – Jô Augusto Dias

Estatísticas de Cascavel

Número de vitórias

Piloto
2 – Wellington Cirino e Beto Monteiro
1 – Giuliano Losacco e Paulo Salustiano

Marca
3 – Volkswagen
2 – Mercedes-Benz
1 – Iveco

Número de poles

Piloto
1 – Felipe Giaffone, André Marques e Wellington Cirino

Marca
2 – Mercedes-Benz
1 – Volkswagen

Histórico de resultados

2018
Pole: Felipe Giaffone (Volkswagen) e Débora Rodrigues (Mercedes) pelo grid invertido
Vencedores: Wellington Cirino (Mercedes) e Giuliano Losacco (Iveco)

2019
Pole: André Marques (Mercedes) e Luiz Zapelini (MAN) pelo grid invertido
Vencedores: Beto Monteiro (Volkswagen) e Paulo Salustiano (Volkswagen)

2020
Pole: Wellington Cirino (Mercedes-Benz) e Jô Augusto Dias (Volkswagen)
Vencedores: Wellington Cirino (Mercedes-Benz) e Beto Monteiro (Volkswagen)