A primeira corrida da Copa Truck no Autódromo Potenza, em Lima Duarte, em Minas Gerais, durou poucos metros para o paulista Fábio Fogaça, da equipe FF Motorsport. Largando em 10º no grid e em segundo na categoria Super Truck, ele teve a traseira de seu caminhão abalroada por Danilo Alamini logo no início da corrida. Os dois abandonaram a competição e a organização levou mais de 70% do tempo de prova para tirar os dois caminhões da área de risco.

Fábio Fogaça lamenta o acidente que lhe tirou a possibilidade de lutar pelo título da categoria Super Truck na etapa de encerramento da temporada, no dia 5 de dezembro, em Curitiba. Vencendo as duas provas de Lima Duarte, ele poderia estar entre os três pilotos que disputarão o título.

“Este acidente causou um prejuízo enorme para nossa equipe e me tirou as chances de título. Duas vitórias aqui, que eram reais, poderiam me colocariam na disputa pelo título. O caminhão estava muito bom. O que aconteceu é lamentável. Foi uma batida que você não vê nem em kart indoor”, desabafa Fábio Fogaça.

REVEJA A ÍNTEGRA DA ETAPA DE POTENZA