O fato de competir numa pista, até então, desconhecida, não foi um fator impeditivo para o piloto Jaidson Zini, que foi ao Autódromo Potenza disposto a conquistar bons resultados e deixar para trás as lembranças da última etapa – quando um capotamento o impediu de seguir na disputa. Com o caminhão #25 reconstruído para os compromissos no circuito mineiro, Zini manteve a constância e andou sempre entre os primeiros. Pelo bom desempenho, o piloto esteve muito perto de conquistar a primeira vitória da temporada, mas um problema no freio ocasionou a queima do radar e, consequentemente, o deixou fora do pódio.

Embalado pela boa atuação nos treinos livres, Zini cravou o sétimo melhor tempo no classificatório, assegurando a chance de largar da quarta fileira do grid e fazendo, na corrida 1, uma prova bastante estratégica tendo em vista a pole da corrida 2. Com o objetivo alcançado e largando do lugar de honra do grid para a corrida 2, o piloto liderou boa parte do certame, mas um problema no freio durante a passagem pelo radar lhe rendeu uma punição e impediu a vitória, fazendo com que encerrasse a participação na nona posição. Apesar do imprevisto, Zini avaliou de forma positiva o final de semana no Potenza.

“Viemos da etapa de Curitiba com uma capotagem do caminhão, a gente reformou ele inteiro, mas pra nós era uma incógnita. Ainda assim, desde sexta-feira vínhamos bem nos treinos, andando entre os oito; fizemos um ótimo classificatório, chegamos ao top qualifying pela primeira vez, largando na quarta fila na primeira corrida e já com o pensamento e com uma estratégia para a segunda corrida, para largar na ponta. Iniciamos na pole na segunda corrida e estávamos liderando com uma certa folga, em busca da nossa primeira vitória, mas infelizmente um problema no freio nos fez queimar o radar e pagar um drive thru, depois voltamos para a corrida e chegamos em nono. Mas, resumindo, foi um ótimo final de semana. Só tenho a agradecer a Deus, a todos os meus patrocinadores e a todos que sempre estão na torcida. Agora, vamos para Curitiba”.

REVEJA A ÍNTEGRA DA ETAPA DE POTENZA