O paranaense Wellington Cirino está garantido na grande final da Copa Truck depois da etapa disputada no último final de semana no novo Autódromo Potenza, em Lima Duarte (MG). Apesar de ter sofrido diversos toques nas duas provas, o Marreco Voador conseguiu salvar um P8 e um P5, garantindo pontos suficientes para se manter na vice-liderança do campeonato.

“Foi uma etapa difícil. Os toques prejudicaram demais o rendimento. O primeiro, logo na largada da corrida 1, afetou a parte traseira do caminhão. Depois, na Corrida 2, tomei um toque que fez o caminhão rodar na pista e perdi a chance de chegar entre os três primeiros. Os comissários revisaram o resultado depois da prova e terminei como quinto. Acredito que se houvesse uma penalização ainda durante a prova, a chance de chegar mais à frente seria maior”, comenta Cirino.

Na matemática do campeonato, já com os descartes dos três piores resultados, Cirino tem 213 pontos, contra 227 do líder André Marques e 209 de Felipe Giaffone, o terceiro colocado. Apenas os três possuem chances matemáticas do título. A grande final será disputada no Autódromo de Curitiba, no dia 5 de dezembro.

“Apesar do que aconteceu em Potenza, estou muito feliz de estar em mais uma final da categoria e com um equipamento competitivo como o da AM Motorsport. Estamos bem próximos de conquistar o objetivo traçado no início do ano”, completou Cirino.

REVEJA A ÍNTEGRA DA ETAPA DE POTENZA